quarta-feira, 19 de junho de 2013

Antes da Meia-Noite

Sequência de Antes do Amanhecer (1995) e Antes do Pôr-do-Sol (2004) que se passa quase 20 anos depois do dia em que Jesse (Ethan Hawke) e Celine (Julie Delpy) se conheceram num trem na Europa.

9 anos após o final ambíguo de Antes do Pôr-do-Sol (onde não sabíamos se Jesse iria pegar o avião ou ficar com Celine), o filme mostra os dois como um casal passando o verão na Grécia com suas filhas gêmeas. Assim como os anteriores, o filme consiste basicamente de diálogos inteligentes e criativos entre o casal, que revelam os altos e baixos do relacionamento.

É um caso diferente de filme naturalista pois ele mostra pessoas bonitas,  inteligentes, bem de vida, aparentemente felizes, com uma amizade admirável, em locações belíssimas no exterior - algo raro nesse tipo de filme (que costuma retratar pessoas e ambientes mais negativos).


Disse aparentemente felizes pois felicidade nunca sai ilesa no naturalismo; o que eu gosto menos a respeito do filme é a filosofia pessimista por trás de quase todas as conversas. Os personagens parecem considerar profundo tudo aquilo que sugere que nosso comportamento é pré-programado ou aquilo que expressa certa desilusão com a vida: como os homens são guiados por instintos sexuais, a história do amigo que ficou com leucemia e sentiu "alívio" pois a certeza da morte livrava ele de todas as suas expectativas e responsabilidades, o livro que Jesse quer escrever sobre os pontos de vista de pessoas com distúrbios mentais, a conclusão de Celine de que "nós não sabemos de nada, o importante é estar olhando", o brinde feito ao fato de que "a vida é uma passagem", etc,  etc, etc.

E tudo isso é dito de maneira alegre e descontraída - ou seja, a vida é uma desgraça, felicidade é uma ilusão, relacionamentos são insatisfatórios, portanto o jeito é aceitar e lidar com tudo de maneira positiva.

Concordando ou não com as ideias dos personagens, o filme tem vários méritos como a qualidade dos diálogos, que são sempre originais e estimulantes (principalmente pra quem gosta de conversas mais abstratas), e a composição espetacular dos personagens (Hawke e Delpy escreveram o roteiro junto com o diretor Richard Linklater, portanto é tudo extremamente convincente, ficando até difícil imaginar que eles não sejam apaixonados na vida real).

Before Midnight (EUA / 2013 / 109 min / Richard Linklater)

INDICAÇÃO: Pra quem gostou de Antes do Amanhecer, Antes do Pôr-do-Sol, filmes do Woody Allen como Para Roma, com Amor, Vicky Cristina Barcelona, etc.

NOTA: 7.5

2 comentários:

renatocinema disse...

Gosto dos primeiros filmes.....o terceiro irei assistir nas férias....com o coração aberto.

abs

Caio Amaral disse...

Vá ver logo..! Não sei como vc aguenta esperar semanas pra ver um filme, hehe.