quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Como Não Perder Essa Mulher (anotações)

- Filme mostra um cara superficial, com valores horríveis, promíscuo e o retrata com uma ironia simpática. Ou seja, filme quer atingir o positivo negando o negativo. Mas será que isso é o bastante? Será que haverá algo de fato positivo no filme? Ou o filme se limitará a ser cínico e rir de atitudes desprezíveis?

- Interessante o fato dele preferir filmes pornôs a relações reais com mulheres. Há algo de platônico nisso.

- Scarlett Johansson está linda, carismática e tem boa química com Joseph Gordon-Levitt.

- Filme tem ótimos toques de humor (ele rezando enquanto faz academia, menina no celular na igreja). Direção é autêntica, tem estilo próprio, etc.

- Personagens secundários são muito bons (família de Don, Julianne Moore).

- Briga sobre Don querer fazer a faxina ele mesmo interessante (como caracterização). Será que ele tem algum tipo de TOC? É perfeccionista? E por que isso parece ter tudo a ver com o fato dele preferir filmes pornôs a mulheres reais?

- Passagem de tempo muito criativa (usando uma espécie de animação stop motion).

- Personagem é gostável porque ele parece inocente no fundo. Reconhece as próprias falhas e tenta melhorar. É uma pessoa limitada, mas não mal intencionada.

SPOILER: Demais quando a personagem da Julianne Moore começa a fazer ele entender sua própria psicologia! Cena de sexo muito boa!!!

SPOILER: Perfeito! Depois que ele tem uma relação satisfatória com Moore, ele não acha mais natural ir se confessar ao padre! Observação incrível do roteiro!!

CONCLUSÃO: Filme muito honesto e íntimo (só pode ter sido baseado em experiências pessoais de Joseph) com ótimos personagens e uma sensibilidade psicológica incomum.

(Don Jon / EUA / 2013 / Joseph Gordon-Levitt)

FILMES PARECIDOS: O Lado Bom da Vida, Amizade Colorida, 500 Dias com Ela.

NOTA: 7.5

Nenhum comentário: