sábado, 29 de agosto de 2015

Corrente do Mal


ANOTAÇÕES:

- O ESTILO parece ser o grande diferencial do filme. Tudo muito diferente e autêntico: a fotografia bonita, as locações, o ritmo mais lento, a trilha sonora meio anos 80, a direção de arte, a mistura de objetos futuristas com coisas retrô que impedem a gente de entender em que época o filme se passa, detalhes como a formiga no braço da menina na piscina... Meio nonsense mas pelo menos soa original.

- Intrigante o começo quando ainda não entendemos o que está acontecendo (a menina correndo pra fora da casa na cena inicial, o rapaz amarrando a protagonista na cadeira, etc). É um "monstro" diferente pra filme de terror.

- Gosto dos personagens, da amizade entre eles, do clima suburbano meio nostálgico.

- SPOILER: Sinistro o "gigante" que aparece do nada no corredor. Boa ideia!

- SPOILER: Surpreendente a cena na praia (a puxada de cabelo, etc). Até então não sabíamos que os amigos poderiam ver a "coisa" indiretamente.

- Um pouco forçado ela ficar vários dias no hospital só por causa daquela batidinha de carro. 

- O filme cai um pouco naquela categoria do Atividade Paranormal, onde a protagonista apenas aguarda passivamente a próxima aparição do monstro e não tem muito o que fazer. Talvez fosse melhor se ela estivesse indo atrás de uma solução definitiva pro problema, o que por enquanto não parece existir.

- O que acontece no barco? Ela nadou até lá? Transou com algum dos caras?

- SPOILER: De onde veio a ideia de eletrocutar o monstro dentro da piscina? Por que isso funcionaria? Por que o amigo está tentando atirar se já ficou claro que isso não resolve nada? Por que a menina não sai da piscina logo que percebe que o choque não está funcionando? Por que ela vai engatinhando até a borda da piscina, sendo que bastaria ficar de pé pra ver se o cara estava lá? Esse trecho todo na piscina parece meio forçado e sem sentido. (Será que foi inspirado em Sangue de Pantera?)

- SPOILER: No fim o cara morreu na piscina? Ela passou a maldição pro Paul? Paul dormiu com uma das prostitutas? Os dois estavam sendo seguidos na cena final ou era só um pedestre? Ruim o final. O filme confunde a plateia de propósito pra parecer sofisticado, mas acaba parecendo preguiçoso.

CONCLUSÃO: Filme de terror diferente, com um bom senso de estilo (mas que não esquece dos elementos básicos do gênero por conta disso), que apenas se perde um pouco no final e deixa algumas perguntas importantes não respondidas.

(It Follows / EUA / 2014 / David Robert Mitchell)

FILMES PARECIDOS: The Babadook / Ex Machina / Deixe-me Entrar

NOTA: 7.0

6 comentários:

A Nascente disse...

Um filme com os personagens mais entediados dos últimos tempos! Heheh

Caio Amaral disse...

Tem uma frase não sei de quem.. "Um filme não precisa ser entediante pra mostrar pessoas entediantes". Rs.

A Nascente disse...

Verdade verdadeira, heheh. Mas quando se focava mais nos personagens, ao invés do conflito, eu quase dormia.

Caio Amaral disse...

Que pena, eu gostei deles, como deixei claro nos comentários.

Marcus disse...

Acabei de ver o filme e vim aqui dar a minha opinião. Quando começou pensei que era um sonho, principalmente aquela sensação de correr e nunca chegar, como um corredor que fica mais comprido. Tem toda uma interpretação psiquiátrica sobre o significado destes sonhos. Mas ainda estava em dúvida.

Com a morte do garoto com a coisa disfarçada de mãe dele, cheguei a conclusão que a criatura é definitivamente um Súcubo. https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%BAcubo

E com os personagens morando na mesma rua em um subúrbio, e a figura dos adultos ser ausente no filme, pode ser uma homenagem a hora do pesadelo.

Mas como disse Quentin Tarantino. É um daqueles filmes tão bons que vc fica com ódio por não ser ótimo.

Caio Amaral disse...

Oi Marcus.. o diretor disse que se inspirou em sonhos que ele tinha quando pequeno.. não sei se ele foi fiel a uma mitologia específica.. pelo que li o súcubo aparece nos sonhos né.. não é uma criatura física que interage com o mundo real..? Sei lá.. mas certamente A Hora do Pesadelo foi uma influência.. o diretor mesmo confirmou.. assim como Halloween, Carrie - A Estranha, A Noite dos Mortos Vivos, etc. Abs!!